FAQ

Todos os dias surgem todo o tipo de dúvidas. Aqui ficam algumas delas:

Afinas ou não afinas?!
Onde está o atelier?
Qual é o horário de atendimento?
O que é que inclui um setup? Ouvi dizer que era pouco mais do que trocar as cordas.
Quanto tempo tenho que esperar pelo meu instrumento?
Tenho um baixo que foi atacado pelo meu gato esquizofrénico. Por quanto fica a reparação?
E para outros trabalhos mais simples, como funcionam os orçamentos?
Disponbilizas algum serviço/plano de formação?
Aceitas equipamento musical (guitarras, amplificadores, piriquitos...) como forma de pagamento?
De quanto em quanto tempo devo fazer um setup à minha guitarra?
Tens MSN Messenger?
Existe mais alguma coisa que deva saber?
Como se chama a mascote do atelier?

Afinas ou não afinas?!

O atelier Afinas ou Não Afinas? é da propriedade e gestão de Celso Pinto - eu. Apresento-me no mercado como luthier, técnico de reparação de instrumentos de corda, amplificadores a válvulas e, sobretudo, como um gajo que gosta de música, guitarras e strogonoff de frango. Podem ler uma apresentação bem espremida aqui.

Onde está o atelier?

No centro do Porto, à beira-rio. Pertíssimo do Hard Club, estação de autocarro, eléctrico e parque de estacionamento. Todas as visitas são bem-vindas mediante marcação prévia.

Qual o horário de atendimento?

O atendimento é feito com marcação prévia de Terça a Sábado, entre as 9h30 e as 18h30, aplicando-se o mesmo à consulta telefónica. A maior parte dos trabalhos requer atenção exclusiva e é fulcral que seja feito um planeamento dos vários trabalhos em curso e, por isso, não é praticado o regime de porta-aberta. Estamos frequentemente ocupados na bancada a tratar dos vossos instrumentos com imensa dedicação e minúcia. Na eventualidade de não atendermos o telefone, não há nada como uma mensagem no gravador para garantir o retorno de uma chamada em tempo útil.

O que inclui um setup? Ouvi dizer que era pouco mais do que trocar as cordas.

Embora se trate de um serviço muito requisitado, o setup compreende uma série de operações personalizadas em função do instrumento e de quem o toca. O preço também poderá flutuar em conformidade com o instrumento.

Um setup profissional inclui, entre outras coisas:
- Avaliação e diagnóstico completo da guitarra
- Verificação e rectificação de trastos soltos
- Polimento dos trastos
- Ajuste da deflexão do braço
- Correcção do alinhamento do braço com o corpo (aplicável a braços aparafusados)
- Limpeza e lubrificação da ponte/cavalete
- Verificação e ajuste das selas
- Ajuste e optimização da altura da ponte/cavalete
- Intonação exaustiva
- Ajuste da altura global e relativa entre pickups
- Verificação, limpeza e ajuste de todas as ferragens
- Lubrificação e recondicionamento da escala (quando aplicável)
- Limpeza e polimento
- Registo das medidas e especificações do setup em base de dados para referência futura
- Colocação de um novo encordoamento (não incluído).

Quanto tempo tenho que esperar pelo meu instrumento?

O tempo de entrega é habitualmente curto mas varia em função do tipo de reparação e também pelo volume de trabalho, a dada altura. Para manter o comboio nos carris, é por vezes necessário não aceitar mais trabalhos por um período de tempo definido ou filtrar certos tipos de reparação. Para ficarem com uma ideia, um setup a uma guitarra eléctrica demora cerca de 3/4 dias e inclui tempo de repouso para que o instrumento seja novamente verificado antes da entrega.

Tenho um baixo que foi atacado pelo meu gato esquizofrénico. Por quanto fica a reparação?

Não são adiantados orçamentos para instrumentos danificados até ao momento em que os tenha nas mãos.

E para outros trabalhos mais simples, como funcionam os orçamentos?

Todos os trabalhos custam uma pipa de massa... para facilitar. Bom, na verdade não. A primeira coisa a fazer é entrar em contacto (preferencialmente por e-mail) e expôr a situação com o máximo de informação possível. Começando na marca/modelo, passando pelas operações que julgam necessárias e terminando com alguma informação sobre o vosso historial (que estilo de música tocam, uma breve descrição do resto do equipamento, etc.). Não imaginam a quantidade de e-mails que recebo dizendo "Olá Celso, tenho uma guitarra que estou a pensar restaurar. Por quanto fica uma brincadeira dessas?". Sejam tão específicos e objectivos quanto possível.

Disponiblizas algum serviço/plano de formação?

Este atelier não oferece estágios nem qualquer curso intensivo de reparação. Agradeço o vosso interesse e fico contente ao saber que existem pessoas interessadas na arte de restauro e reparação de instrumentos. Podem contar, no entanto, com vários artigos sobre o assunto que serão publicados regularmente, neste site. Fiquem atentos e subscrevam a newsletter ou os RSS feeds para ficarem a par de todas as novidades.

Aceitas equipamento musical (guitarras, amplificadores, periquitos...) como forma de pagamento?

Infelizmente não. No entanto, podem enviar-me uma listagem do material que tenham à venda e eu poderei publicar no blog deste site.

De quanto em quanto tempo devo fazer um setup à minha guitarra?

Como consequência das características higroscópicas da madeira, o desempenho de uma guitarra varia, ciclicamente, em função dos níveis de humidade do ar. Considerando o clima mediterrânico, é sensato submeter uma guitarra a um setup uma vez por ano. À parte disto é extremamente importante fazer um setup adequado sempre que é alterado o calibre das cordas. Esta mudança traduz-se em alterações significativas no equilíbrio funcional da guitarra e sobretudo na sua afinação. Para mais informações, é só dar uma vista de olhos na secção Serviços.

Tens MSN Messenger?

Tenho, mas não o uso para questões relacionadas com o meu trabalho.

Existe mais alguma coisa que deva saber?

- Trabalhos terminados que não são levantados/reclamados num prazo de 30 dias ficam sujeitos a uma taxa de armazenamento de €3 por dia. Se, após 60 dias, a situação se mantiver, o atelier reserva o direito de vender ou ceder o equipamento a uma instituição de apoio a jovens carenciados.

- Não é aceite trabalho para terceiros. Abre-se uma única excepção para casos em que são fornecidos o nome e contacto telefónico do dono do equipamento.

- Não são vendidas peças ou consumíveis separadamente.

- Reservo o direito de determinar e escolher procedimentos, técnicas e materiais de reparação.

Como se chama a mascote do atelier?

Arnaldo.